Páginas

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Luvinhas para a Tatai - Sweet Sixteen!









Oi!
O bom de voltar a ser feliz e fazer o que a gente gosta é isso: num instante as coisas começam a dar certo, também.
Neste findi fiz tudo o que eu quis de bom: fui na minha amiga/conselheira/professora/irmã e tudo-de-bom que se quiser nesta e nas outras vidas, revi meu afilhado, a gente que eu amo; fiz crochet com as amigas, voltei ao Irmãs de Lã.... sem falar em estar em casa com os meninos, que são tudo pra mim.
Estas luvinhas foram o presente da Tatai.... ah, Tatai, como você está crescendo ligeiro!
Fiz ligeirinho: me apaixonei pelo novelo de lã na Praça Ruy Barbosa, numa das correrias por lá. Lã maravilhosa, maciiiiiiiaaaaaa! Com um novelo, o par de luvas e sobrou! Olhei o novelo e disse: ai, achei o presente! Que cor bonita!
Muito simples!
Eu fiz juntas as duas mãos - cada uma num lado do novelo pra garantir a igualdade.
Como é feito?
26 correntinhas. Fecha em círculo e na segunda carreira faz 26 pontos altos. Ela é toda em pontos altos.
Agora faz uma sanfoninha - pega um alto por frente e outro por trás. Fica esse efeito de punho. Fiz sete carreiras assim.
Agora, faz um aumento porque vai começar a fazer o tecido da luva em si: imagine 13 pontos para a frente e 13 para a palma da luva; no primeiro da subida coloca 2 pontos altos e no 14 ponto também. Fez dois aumentos, portanto. De cada lado da luva.
Na outra carreira, de novo - minha mão é fininha, pra mim bastou isso.
E sobe até a altura do polegar: Pra mim, deu umas oito carreiras.
Fechar o polegar: Considere 10 pontos. Meça o polegar e faça no primeiro e no último também um aumento com dois pontos em cada ponto de base = 12 pontos altos, no total. Isso para não ficar esticada e o polegar fechar o dedo direitinho. Faça que vai entender que precisa mesmo aumentar. Aí, mais uma carreira, se quiser e feche, sempre trabalhando em circular.
Seguir com a luva na mão: Junto da base, pegue também dois pontos a mais e siga circulando os dedos até a altura desejada. Eu teria lã inclusive para fazer uma luva fechada: era só terminar reduzindo pontos. Mas queria que fosse aberta mesmo. Arrematei com uma carreira de pontos baixíssimos e adorei o resultado!
Espero que as fotos possam dar uma idéia melhor que esta " imitação" de receita. Se você é experimente em crochet vai me compreender. Se não é.... tente, " craneie " um pouco que vc pega o jeito!
.

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Manta Diagonale Coxa e Flamengo

Boa Tarde!

Que bom poder escrever e mostrar esta mantinha.
As fotos não ficaram lá uma "brastemp" mas a idéia é a seguinte:

Esta foi uma encomenda do meu cunhado. Ele tinha um casal de amigos que tinham acabado de ganhar um bebê. Ele, amigo de infância do meu cunhado, torcedor doente do Flamengo. Ela, torcedora do Coxa.

Meu cunhado me veio com essa:
"- E se você fizesse uma manta pra eles com as cores dos dois times?"

Daí, ficou assim: meio coxa, meio flamengo. Inacreditavelmente, apesar de usar o preto e o vermelho para bebê, ficou leve, bem suave. As fotos não fazem jus.

Agora é esperar pra ver o que o bebê vai ser!
Hahuhauahuahuahauhauhua!

Obrigada pelas visitas!
No que eu puder ajudar nas receitas do blog é só falar, ok?










.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Mile a minute pazinhas amarelo e branco terminado!

Até que enfim as fotos, não?
Que graça tinha não mostar a vocês como ficou?






O mais bacana é que ele já foi até entregue, está em uso.... e eu amei fazer.
De lá pra cá fiz ainda outro diagonale, umas luvinhas, estou fazendo um tapete.... que eu estive MUITO parada mas sem crochet não dá pra ficar, né?
Aguardem as novidades!
Outra coisa: aí do seu lado direito da tela: viu o banner do Irmãs de Lã?
Pois é para ir dar uma olhada! A G O R A !!!!
Este é um projeto muito lindo que também estava parado - de minha parte - mas não da parte destas mulheres maravilhosas. Neste sábado tem reunião! Eu vou!!!
Aliás, vocês não gostariam de participar? Doar um quadradinho que seja, via correio? Vamos?


.



segunda-feira, 15 de junho de 2009

SEM PALAVRAS

Sem palavras.
ANOS sem escrever, tudo parado.
Sabem aqueles momentos de pausa na vida, comleta, pra reorganizar tudo? Estou vivendo algo assim.
Tudo o que se pode fazer é aceitar e deixar a onda passar.

Amigas queridas do crochet, estive parada - muitos projetos parados, o Irmãs da Lã sem eu nem ter tudo tempo de escrever.... não adianta dizer que fiquei chateada, vocês sabem - não pude e é tudo. Quem me conhece sabe das minhas Buscas. Não pude.

Entretanto... devagar, eu recomeço.

MUITO obrigada por suas visitas - o Cat Crochet está de volta!