Páginas

terça-feira, 29 de abril de 2008

O sumiço de Otto


Bom dia, queridas!

Ontem passamos um trabalho grande, aqui. Nosso Otto, nosso Ottie, Otinho.... sumiu de casa. Nosso gato nenezinho sumiu de tarde , umas duas da tarde.
Corre daqui, dali.... deu nossa hora, tivemos de ir trabalhar de novo.

Avisa vizinho, deixa o filho em casa procurando.... nada.

Começa a chuva. Trabalha com chuva, o coração no Otto.

Liga pro filho que ficou em casa, nada.

Chega em casa, sete da noite, debaixo de chuva.

Pega a lanterna, vai correr a vizinhança.
Acabamos encontrando ele em um ap vazio, do outro lado da nossa rua, quase em frente de casa.

Molhado, sujo e apavorado. Oito e dez da noite.

E pra pular e pegar?

Ajuda dos vizinhos, chuva..... estou toda arranhada de ter de passar por arbusto, pular coroa-de-cristo pra puxar o indivíduo pra casa.
Meu filho pulou o muro com escada pra puxar ele do outro lado, foi uma operação de guerra , de verdade.

Nisso, o gatão que estava em casa acompanhando tudo da sacada estava aos GRITOS, uivos, como se também chamasse. E dizem que bicho não tem sentimento! O Enzo quase morreu junto.

Chega em casa, lava, passa antipulga.... acalma ele....
Enfim, nosso nenê dormiu conosco, como sempre!
Aff, só quem gosta de bicho que entende!


Um comentário:

  1. kakkkka!!!!! Jóia guria,lindo, parabéns, é isso aí mesmo! Se a gente não fizer por eles, quem vai fazer né?? Também tenho uma e cuido bem,vale a pena só o que tenho a dizer.Um abraço!!

    ResponderExcluir

Gostou? Quer comentar?